Portal do Aluno e do Professor Entrar
Baixe o Aplicativo

Nossa História

O Colégio Sinodal da Paz recebeu a autorização de funcionamento do Conselho Estadual de Educação em 25 de novembro de 1969. Desde a sua fundação, preocupou-se com a dimensão social da educação, procurando fazer da instituição uma escola para todos. O processo educativo existente é o testemunho da experiência e do conhecimento de vida construídos coletivamente.

A criação do Colégio, que até 1997 denominou-se Escola Evangélica da Paz, é fruto da decisão da Comunidade Evangélica da Paz, de Novo Hamburgo, e da ABEFI - Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial, sua mantenedora, que através do trabalho comunitário de membros e amigos, deram os primeiros passos para a sua fundação. Até a construção do primeiro prédio, com recursos financeiros vindos da Igreja Evangélica da República Federal da Alemanha, através de sua organização “Pão para o Mundo”, as atividades da escola foram abrigadas na sede da Comunidade.

Dados os primeiros passos com a instalação da Educação Infantil, a Comunidade preocupou-se em ampliar a oferta de ensino. Assim, em 1970, passaram a funcionar aulas regulares para turmas da 1ª à 5ª série do Ensino Fundamental e em 1975 houve, pela primeira vez, a oferta de ensino em todas as turmas do Ensino Fundamental, e, no final do ano, a Escola festejou a primeira turma concluinte de 8ª série.

Gradativamente, o número de alunos foi aumentando e o primeiro prédio não mais oferecia possibilidade de abrigar a todos os alunos. Um novo prédio foi projetado e, com recursos financeiros vindos da Central Evangélica de Desenvolvimento (EZE – Evangelische Zentralstelle für Entwicklung), da República Federal da Alemanha, houve possibilidade de construção de um novo e amplo prédio escolar.

Em 1998 foi implantado o Ensino Médio e a Escola passou a oferecer todos os cursos regulares da Educação Básica, preconizados pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96), quais sejam, Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Nesse mesmo ano, a Escola passou a denominar-se Colégio Sinodal da Paz, para atender às exigências da nova legislação e por recomendação do Conselho de Educação da IECLB.

Atualmente, além do currículo mínimo exigido pela legislação educacional vigente, o Colégio oferece aos seus alunos, em sua parte diversificada, atividades opcionais e facultativas destinadas a atender às prioridades estabelecidas no projeto político-pedagógico e às reais necessidades de seus alunos, levando em conta as características regionais e locais da sociedade, da cultura e da economia.

O Colégio Sinodal da Paz entende que é fundamental preparar crianças e jovens para seus desempenhos no momento presente e futuro, através de uma educação transformadora, humanitária e de excelência.

Visão

Possibilitar o desenvolvimento do ser humano em todas suas dimensões. Ser reconhecida por excelência em educação.

Missão

Desenvolver educação de qualidade, fundamentada em valores cristãos, que oportunize a construção contínua do conhecimento, para que o ser humano, interagindo no mundo em constante transformação, exerça cidadania.

Princípios

Priorização da qualidade em todas as ações.
Espírito de equipe.
Formação continuada.
Ética cristã e compromisso com a vida.
Cidadania e solidariedade.
Liberdade responsável.

Concepções

Serviços

APP - Associação de Pais e Professores

A Associação de Pais e Professores - APP é uma entidade de significativa importância dentro da instituição escolar, tendo as seguintes finalidades:

Defender a qualidade da educação ministrada no Colégio Sinodal da Paz – NH.

Formar e cultivar uma mentalidade de trabalho integrado entre pais e professores, visando à consecução dos objetivos educacionais do Colégio.

Unir pais e professores, a fim de criar um ambiente favorável e condições à educação.

Intensificar a colaboração entre a família e o Colégio.

Proporcionar aos professores o conhecimento das condições familiares em que vive o aluno e, aos seus pais, as noções indispensáveis à compreensão dos processos educacionais do Colégio.

Estimular a integração do Colégio no desenvolvimento comunitário.

Despertar na comunidade a consciência de prestar amparo moral e material para o desenvolvimento dos recursos educacionais do Colégio.

Proporcionar aos pais e professores oportunidades para o debate de temas sociais, educacionais, culturais e de ensino.

Estimular atividades culturais, científicas, recreativas e esportivas.

Prover, através de promoções e outros meios, os recursos para colaborar na melhoria das instalações e equipamentos do Colégio.

Grêmio Estudantil
APF - Associação de Professores e Funcionários

Tour Virtual